Ir para o conteúdo

Terça-feira
cheia de reunião?

Que tal mandar brasa na sua
busca? a gente te ajuda.

Na brasa
Outubro, 21 2020

Descubra quais são os itens essenciais para o seu churrasco

Considerado por muitos uma paixão nacional, o churrasco, além de boas peças, necessita de um churrasqueiro empenhado e que conte com utensílios que otimizem o seu trabalho.

Embora seja extremamente prazeroso, as suas diversas fases (antes, durante e depois) precisam de alguns acessórios que, além de facilitarem a vida de quem está “na linha de frente”, possam auxiliar na entrega e na qualidade do que está sendo servido.

Pensando nisso, separamos alguns itens essenciais para que os churrascos — independentemente do porte ou estilo — ocorram de forma prática, divertida e saborosa!

Vamos lá?

1 - Conjunto de facas

Item básico em todo churrasco, um conjunto de facas é essencial e indispensável, uma vez que cada corte e tipo de carne necessita de um modelo específico.

Ao escolher o seu kit, seja criterioso e não abra mão das lâminas específicas para o corte, para desossar e para quebrar os ossos, se necessário.

Esses conjuntos, em grande parte, além das facas, acompanham o garfo trinchante (garfo comprido com duas pontas), pegadores, espátula e faca de serra.

Nos modelos mais completos, além dos itens acima, é muito comum encontrar um amolador de facas, uma tesoura de frango, entre outros itens.

Inclusive, se o seu conjunto não contar com um afiador — também conhecido com chaira —, indicamos que você providencie um o mais breve possível, pois, assim como as facas, é indispensável.

2 - Grelha e espeto

Podemos dizer que essa dupla, depois da carne — é claro —, é o item mais importante do churrasco.

A grelha, por exemplo, é indicada para as carnes grandes e sem osso, como a picanha, linguiça, copa-lombo, entre outras.

A grande vantagem é que a grelha possibilita que a peça seja assada por inteiro, fazendo com que fique muito mais macia e suculenta.

Existem diversos modelos disponíveis no mercado, entretanto podemos destacar os três principais:

  • Grelha tradicional: é aquela que já acompanha grande parte das churrasqueiras comercializadas em nosso país. Sua principal característica são as linhas espaçadas e retas. Ótima para grelhar, ela também pode acomodar alguns espetos em sua superfície, facilitando, assim, a administração de todas as carnes.
  • Grelha moeda: é o modelo mais usado em nosso país (aquela cheia de furinhos arredondados). Além de ser indicada para o preparo de peças inteiras, ela é ideal para quem gosta de acomodar diversas peças e acompanhamentos no mesmo espaço.
  • Grelha argentina: esse modelo é famoso por suas canaletas que impedem que a gordura tenha contato direto com o carvão, diminuindo, assim, a formação de fumaça.

Com esse modelo, é possível assar a carne bem perto da brasa (uma vez que a gordura não entra em contato com o fogo). Assim, além de aproveitar totalmente o calor da churrasqueira, é possível assar os cortes mais altos com muita suculência e sabor.

Os espetos, por sua vez, são indicados para as carnes que necessitam de um tempo maior no fogo, como o frango. Eles também funcionam muito bem para os cortes maiores e com osso, como a costela suína.

Antes de adquirir os espetos, é importante que você considere as dimensões da sua churrasqueira. A escolha do tamanho correto (que pode variar entre 60 e 80 cm), além de facilitar o manuseio, evita que o espeto estrague com facilidade. Por exemplo: ao optar por um espeto pequeno, a probabilidade de o cabo (que muitas vezes é de madeira) ter contato com a brasa é grande.

Além do tamanho, é preciso pensar na finalidade do produto, pois existem modelos específicos para assar linguiça, coração de frango, queijo coalho e outras peças menores. Em contrapartida, outros modelos mais robustos, como o espeto duplo, são ideais para as peças maiores e mais pesadas.

3 - Tábua

Disponível em diversos formatos e materiais, a tábua é essencial para cortar, apresentar e servir a carne.

Independentemente do material escolhido (vidro, plástico, madeira, bambu ou mármore), é preciso ter em mente que este acessório precisa ser higienizado da forma correta para evitar qualquer tipo de contaminação.

Para os churrasqueiros que fazem questão de preservar as suas facas, a tábua de madeira é a melhor opção, uma vez que preserva o fio do corte.

Já os modelos em bambu, além da resistência, possuem propriedades bactericidas.

4 - Acendedor elétrico

Muitos podem achar que esse item é totalmente dispensável, entretanto é necessário considerar todos os benefícios (e segurança) que ele pode proporcionar.

Convenhamos que, até para os churrasqueiros mais experientes, acender uma churrasqueira pode ser bastante perigoso. Por isso o acendedor elétrico é uma ótima alternativa, afinal, basta arrumar o carvão em formato de pirâmide, encaixar o acendedor e, em seguida, ligá-lo na tomada.

5 - Avental

Indispensável, esse acessório, além de proteger a roupa do churrasqueiro, faz com que ele seja facilmente identificado entre as outras pessoas.

O “avental do churrasqueiro” caiu no gosto popular, uma prova disso é a variedade de modelos, cores e estampas disponíveis no mercado.

Além desses, outros acessórios podem fazer parte da lista de itens indispensáveis de muitos churrasqueiros — como o soprador de carvão, termômetro, pilão, entre tantos outros.

E aí, quais desses produtos você já tem em casa e costuma usar em seus churrascos?

Não esqueça que, além desses acessórios, a carne escolhida precisa ser de qualidade e oferecer bastante sabor e praticidade. Por isso conte com a linha Perdigão Na Brasa e arrase! #mandabrasa

Compartilhe agora mesmo: