Ir para o conteúdo

Terça-feira
cheia de reunião?

Que tal mandar brasa na sua
busca? a gente te ajuda.

Na brasa
Outubro, 30 2020

Conheça os 10 erros que todo churrasqueiro deve evitar

O churrasco é uma tradição em todo o território nacional, por isso, desde muito cedo aprendemos sobre essa técnica e crescemos entendendo sobre todos os seus truques e segredos.

Entretanto, da mesma forma que herdamos diversos macetes, repetimos também alguns erros que podem prejudicar a qualidade de nossos churrascos.

Pensando nisso, separamos os 10 erros que todo churrasqueiro deve evitar:

1 - Não contar com os itens de apoio corretos

Como em qualquer atividade, o churrasco também necessita de acessórios que otimizem a sua produção.

Um conjunto de facas para cada tipo de carne, uma tábua apropriada e espetos corretos para os cortes que estão na brasa, podem fazer toda a diferença.

Veja mais: Descubra quais são os itens essenciais para o seu churrasco

2 - Errar na quantidade de carne

Faltar é terrível e se sobrar é desperdício, por isso, a carne para o seu churrasco deve ser calculada na medida certa para os seus convidados.

Para que esse erro seja evitado, a Linha Na Brasa da Perdigão desenvolveu uma calculadora completa de churrasco para você. Nela, além de selecionar as carnes e os cortes de sua preferência, ainda é possível ver uma sugestão de quantidade de bebidas, acompanhamentos e suprimentos (como descartáveis, por exemplo).

Tenha cautela e não coloque na churrasqueira um volume de carne muito maior que o necessário. Fique atento ao comportamento de seus convidados.

3 - Tirar a gordura da carne antes de levá-la à churrasqueira

A gordura tem grande influência no sabor e na suculência da carne, entretanto, com o intuito de deixá-la mais leve, muitas pessoas optam pela sua remoção antes mesmo de levá-la à churrasqueira.

Para os que dispensam a gordura, o ideal é que a sua retirada seja feita antes de comer a carne, ou seja, depois de assada.

4 - Virar a carne na grelha a todo momento

É importante que durante um churrasco, apenas uma pessoa fique sob o comando da churrasqueira, mantendo um ritual com começo, meio e fim.

Isso porque a carne precisa de um tempo para assar e alcançar o seu ponto ideal, e mexer na churrasqueira a todo momento, além de não acelerar esse processo, pode também prejudicar o seu sabor.

Evite virar a carne a todo momento e de cortar a cada minuto para ver se o ponto foi alcançado e, até mesmo, de furá-la.

5 - Errar no tempero

Muitas pessoas, com receio de errar no sabor, optam por fazer um tempero único — que geralmente leva muitos ingredientes — para todas as carnes.

Essa, sem dúvida, não é uma boa ideia, uma vez que cada tipo de carne exige um tempero diferente. A carne bovina, por exemplo, apenas com uso do sal grosso pode ficar muito saborosa.

Outras, entretanto, podem precisar de um tempero especial. Para facilitar a vida dos churrasqueiros de plantão, a Linha Na Brasa da Perdigão conta com diversos cortes já temperados.

Veja alguns deles:

6 - Acender a churrasqueira com álcool líquido

Por ser um produto que geralmente se tem em casa, muitas pessoas aproveitam o álcool líquido para acender a churrasqueira. O problema deste produto é que, além de fazer uma chama muito alta (o que pode ser extremamente perigoso), a brasa produzida por ele não dura o tempo suficiente.

Existem várias marcas de álcool disponíveis no mercado que possuem essa finalidade. Além disso, uma opção bem interessante e prática são os acendedores elétricos de churrasqueira.

7 - Usar carvão úmido

O carvão precisa estar totalmente seco para cumprir a sua missão. Se você notar que o carvão disponível para o seu churrasco, por algum motivo, recebeu algum tipo de umidade, providencie um novo pacote imediatamente. Caso contrário, o seu churrasco, simplesmente, não irá acontecer.

8 - Colocar carnes de diferentes tamanhos na churrasqueira

Para chegar ao ponto perfeito, cada corte de carne precisa de uma altura correta em relação à brasa, por isso, misturar peças de vários tamanhos na churrasqueira, pode não ser uma boa ideia.

Por exemplo, as peças que tiverem menos de 1,5 kg devem ser grelhadas, por isso, a altura em relação ao fogo deve ser de 20 a 30 cm. Já as carnes acima desse peso, devem ficar entre 50 e 60 cm em relação ao fogo.

9 - Errar o corte da carne

Cada peça de carne possui um corte correto. Muitos churrasqueiros cortam as carnes contra as suas fibras, deixando-as duras.

Uma carne, quando cortada com a faca errada, por melhor que ela seja, pode ter as suas fibras danificadas, prejudicando a sua qualidade.

10 - Carne sem procedência

É muito importante que você tenha certeza da qualidade da carne que você leva à sua churrasqueira, por isso, dê sempre preferência às marcas conhecidas e, além disso, compre os itens para o seu churrasco em um local de confiança.

Viu só como esses detalhes podem fazer toda a diferença? Animado para “não colocar” esses erros em prática? #mandabrasa

Compartilhe agora mesmo: