Ir para o conteúdo

Chegou o Chester.
Chegou a generosidade do Natal.

Estamos chegando a 1 milhão de unidades de Chester Perdigão doadas.
E você pode ver como estão as doações em cada estado do país.

Acompanhe essa jornada de generosidade aqui!

sobre a doação

Desde 2016, a Perdigão transforma o Natal de milhares de famílias por meio da generosidade.

Com nossos parceiros e colaboradores, anualmente produzimos e doamos 250 mil unidades de Chester Perdigão.

  • +1 Milhão de doações
    em 2019

  • +3 Mil Instituições
    parceiras

  • 04 Anos
    de projeto

Entenda como
acontece
o Natal Generoso:

Seleção

A Perdigão, em parceria com o Mesa Brasil Sesc, seleciona no início de cada ano as instituições que receberão as doações de Chester Perdigão no Natal.

Mesa Brasil

O Mesa Brasil Sesc é uma rede nacional de bancos de alimentos que promove cidadania e melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional.

Mecânica

As entregas acontecerão de 18/11 a 20/12, quando o Mesa Brasil Sesc realiza as entregas do Chester Perdigão para famílias atendidas pelas instituições sociais inscritas no programa.

Veja o regulamento

mapa da generosidade

Já transformamos
o Natal de milhares
de pessoas.

Unidades de Chester Perdigão doadas
desde o Natal de 2016:

750000

Clique no mapa e veja
quantas
unidades de
Chester Perdigão já foram
doadas
em cada região
do Brasil até o Natal de 2018.

  • Norte
  • Nordeste
  • Sudeste
  • Centro-oeste
  • Sul

Unidades de Chester Perdigão doadas desde o Natal de 2016:

750000

Realização:

  • Perdigão

Parceria:

  • Mesa Brasil SESC

saiba mais

Voluntariado

Voluntariado

Muitos colaboradores da Perdigão também participam como voluntários nas entregas das unidades de Chester Perdigão para as instituições beneficiadas.

Produção

Produção

Nos preparamos durante o ano todo para doar 250 mil unidades de Chester Perdigão. Todos produzidos com orgulho, assim como os produtos que já estão nos mercados.

Entrega

Entrega

A Perdigão envia cada unidade de Chester doado para os Centros de Distribuição mais próximos das instituições beneficiadas. E a equipe Mesa Brasil realiza a entrega.

histórias de generosidade

Descubra as histórias reais que fizeram parte da campanha
de Chester Perdigão:

Histórias Reais de Generosidade Histórias Reais de Generosidade
Santos

Depois de receber o diagnóstico de infertilidade, a Viviane Santos e o marido passaram 9 Natais sem filhos. Mas ela não desistiu do sonho de ser mãe e de dividir toda a generosidade que só o amor materno tem. Então o casal tomou uma decisão que mudaria seus destinos e de mais algumas crianças (5 para ser exato): em 2013, eles adotaram o Pedro. No ano seguinte, a Viviane engravidou de gêmeos e, em seguida, adotou a Sara, irmã biológica do Pedro. E não pararam por aí: em 2016, ela engravidou novamente e, desde então, o Natal da família Santos é comemorado com a Viviane, o marido e os 5 filhos.

Família Viviane Santos
Jordana

Jordana e sua mãe se mudaram de Curitiba para o Rio. Lá, tiveram uma ideia cheia de generosidade: criar a Família do Sul, um grupo de amigos que também veio de outras regiões do Brasil e, assim como elas, passavam o Natal longe da família. Eles fazem uma grande ceia, com amigo secreto com uma mesa muito farta e cheia de amigos e boa energia. E, como família não precisa ser só de sangue, este grupo não para de crescer.

Família do Sul
Karina

O Natal na casa da Karina significa porta aberta. Literalmente. Todos os anos, vizinhos, parentes, tios, amigos, crianças passam pela ceia da Karina. Ela acredita que o Natal simboliza alegria, união e generosidade, por isso, no dia 24, ela prepara uma ceia generosa para receber quem entrar na sua casa. E no dia 25 a Karina continua distribuindo generosidade: dessa vez como participante de um grupo que atende 400 moradores de rua com cuidados médicos, doações de roupas, corte de cabelo e, claro, a ceia de Natal.

Karina
Fabrício

Imagina passar o Natal trabalhando? É isso o que o Fabrício faz há mais de 7 anos, no plantão do hospital onde trabalha. Mesmo confessando ser difícil passar o Natal longe da família e dos amigos, ele vive esse dia com muita alegria. Tudo porque ele acredita que deixar a própria família na noite de Natal para cuidar da família dos outros é a mais verdadeira generosidade.

Fabrício
Edilson

O Edilson pode falar que tem uma família na Paraíba e outra no Rio de Janeiro. É fácil entender: ele saiu do Nordeste e foi para o Rio trabalhar e lá conheceu a família Cardoso. Isso foi o começo de uma grande e generosa amizade, com o Edilson participando de todas as festas da família, inclusive o Natal, é claro. O Edilson sente-se muito amado e querido pela família Cardoso.

Edilson
Chan

A Chan é uma pessoa que adora comemorar o Natal com muita festa, gente reunida, ceia generosa. Mas sua família não tinha esse costume. Só que a Chan tem uma amiga de infância, a Renata que quando ficou sabendo que ela não tinha o costume de festejar o Natal, convidou a amiga para celebrar com sua família e dividir alegria e generosidade nesta data tão especial. Depois de tantos Natais juntas, a Renata nem precisa fazer o convite: a Chan já é parte da família.

Chan